Guia 5-3-2

Continuando nossa série de guias de formações, resolvemos dar uma diversificada e trazer uma formação mais defensiva dessa vez. É um pouco mais raro, mas existem jogadores que preferem jogar com 5 atrás, até mesmo por conta da dificuldade em defender(Não assistiram as vídeoaulas do Futlab Pro ainda, certeza!).

Então vamos lá destrinchar totalmente essa formação, mostrar táticas mais usadas e por ai vai…

Reprodução: EA Sports

Conteúdo

  1. Prós e contras
  2. Escolha de jogadores
  3. Instruções
  4. Táticas personalizadas
  5. Como criar oportunidades e estilo de jogo
  6. Sugestão de equipe
  7. Como counterar

1. Prós:

  • Formação com boa capacidade defensiva, os 3 zagueiros protegem bem a área dos cruzamentos, deixando os laterais com pouca obrigação de marcar os atacantes que entram na área.
  • Meio de campo compacto, capaz de chegar à frente com três jogadores e voltar na marcação também com três jogadores, protegendo a zaga e auxiliando no ataque.

Contras:

  • Esquema pouco criativo no ataque, refém de uma bola enfiada por um dos meias ou uma tabela rápida entre os dois atacantes para fugir da marcação.
  • Formação pouco versátil, os laterais batem de frente com os meias na hora de apoiar o ataque ou ficam presos na defesa, limitando o número de jogadas do seu time durante uma partida.
  • Os meio campistas ficam sobrecarregados nessa função, se forem jogadores com pouca stamina/fôlego, no início do segundo tempo você terá que fazer substituições nas peças centrais.
  • Time parece estar muito recuado durante o jogo, tornando muito difícil que você consiga pressionar a saída de bola do seu adversário durante um momento de desvantagem no placar.

2. Escolha dos jogadores:

As escolhas dos jogadores têm que ser exatas e bem pensadas, jogadores inteligentes e com boas especialidades são fundamentais para a parte tática e bom funcionamento dessa formação.

Atacantes – Jogadores rápidos e com bom físico para aguentar o confronto com os zagueiros adversários, bom passe também é importante pois uma das jogadas mais fortes dessa formação é a tabela rápida entre os atacantes, explorando a falta de velocidade dos defensores, buscando clean shot frente a frente com o goleiro. Bons nomes para usar nessa formação são: Son, Rashford, Lacazette TOTS, Ben Yedder TOTW, Mertens, Werner TOTW/TOTS e Cristiano Ronaldo.

Meias – Importante que os jogadores nessa posição tenham dedicação alta para defesa, evitando assim, que quando seu time for ao ataque, o time adversário possa se utilizar do avanço dos meias e criar jogadas nos espaços vazios na parte central do campo. Jogadores que tenham velocidade e força física, são imprescindíveis para defender o entorno da sua área, um bom passe te auxiliará na hora de iniciar as jogadas ofensivas com a bola no chão, tocando entre as linhas adversárias em busca do gol. Boas opções para a posição são jogadores como Sissoko TOTS, Vieira, Goretzka, Pogba, Busquets Scream, Matuidi, Savic e Rabiot Flashback.

Laterais – Posição onde os laterais são pouco utilizados no ataque, mas que precisam de velocidade na defesa e força física para defender o espaço dos pontas adversários. Algumas opções para essa posição são: Marcos Alonso Europa League, Lala TOTW, Walker, Lucas Hernandez, Alex Sandro, Robertson e Arnold.

Zagueiros – Posição importante no esquema tático porque os zagueiros precisam de mobilidade nessa formação, zagueiros muito lentos vão prejudicar seu sistema defensivo, altura também é importante para todos os zagueiros, independentemente do esquema, nessa formação é ainda mais importante que você tenha os “postes” dentro da sua área para evitar que você tome gols de cabeça. É importante analisar os stats de cabeceio e impulsão antes de adquirir um zagueiro no mercado. Alguns dos bons zagueiros que você pode obter para esse time são: Varane, Sergio Ramos, Lucas e Theo Hernandez, Ferdinand, Van Dijk, Skriniar Headliner, Rijkaard.

3. Instruções

Nessa formação, o mais importante é o uso de meias que consigam atuar nos dois lados do campo com qualidade. Os atacantes precisam de velocidade para furar a defesa adversária e para isso, precisam de liberdade para flutuar pelo campo de ataque, é importante também fazer os zagueiros participarem do jogo ofensivo, iniciando as jogadas.

Atacantes – Chegar por trás para surpreender os zagueiros quando realizar a tabela e já fazer a ultrapassagem por trás esperando o passe em profundidade de um dos meias ou do companheiro de ataque.

Meias – O meia central é importante que tenha uma instrução mais defensiva (Interceptar o passe e Ficar na Defesa), cabendo a ele, fazer a proteção da entrada da área, seus companheiros de meio campo, podem ter mais liberdade (Equilibrado) para apoiar os atacantes. Sempre lembrando que é de suma importância que os mesmos voltem sempre para marcar.

Laterais – Os laterais têm pouca obrigação com o ataque nessa formação, por isso, você pode deixar ele preso na defesa, oferecendo pouco ou nenhum espaço para o time adversário usar as beiradas do campo quando for atacar. Puxar a marcação é importante também para se desmarcar quando você for iniciar um ataque com a bola no chão.

4. Táticas personalizadas:

Como sempre falamos, mas não custa lembrar: Táticas personalizadas são como gosto, cada um tem o seu, porém algumas táticas podem ser adaptadas ao nosso estilo de jogo e assim ajudando cada vez mais no seu desempenho.

Ofensiva: Pressão no erro do adversário e Armação rápida, assim, você consegue pressionar quando o adversário errar algum passe para trás, seu time sobe para pressionar e quando roubar a bola seu time busca o melhor posicionamento para uma investida rápida.

Defensiva: Recuado e Armação Rápida, assim você não oferece nenhum espaço para o adversário na sua defesa e a posse de bola criada pelos passes rápidos no meio campo envolvem o adversário criando oportunidades de ataque.

Ultra-defensiva: Recuado e Posse de Bola, assim você não se expõe defensivamente pois seus meias e os laterais ficam atrás da linha da bola. Com a posse de bola, você pode trabalhar a bola e segurar o jogo sem correr riscos.

5. Como criar Oportunidade e Estilo de Jogo

Como citamos anteriormente, essa formação não tem muita versatilidade dentro de um jogo, você ficará preso às jogadas pelo centro do campo e não conseguirá surpreender seu adversário a partir do momento em que ele ler as jogadas que aconteceram quase sempre pelo meio campo, seja uma bola enfiada pelos meias ou através de uma tabela entre os dois atacantes.

Você pode levar vantagem nas bolas aéreas sobre seus adversários, tendo em vista que você possui três zagueiros, nos escanteios, em teoria, você vai conseguir povoar a área adversária com mais jogadores que são bons cabeceadores.

6. Sugestão de Equipe

Nesse time acima a gente consegue seguir totalmente os requisitos para montar um time ideal para a formação. Os zagueiros são sólidos. Laterais que defendem bem e tem boa estatura. Meias que conseguem cumprir as duas funções, tanto ajudar no ataque quanto na defesa. Atacantes rápidos que finalizam bem e conseguem tabelar para criar jogadas ofensivas.

7. Como Counterar

Diferentemente do que fizemos anteriormente, vamos propor uma estratégia para utilizar essa formação, já que essa formação é muito defensiva, você vai sofrer muito se usar esse esquema durante os 90 minutos, seja contra a 4-2-3-1 ou 4-2-2-2.

Por se tratar de um estilo de jogo muito defensivo, é recomendado que você se mantenha nessa formação somente para segurar o placar, vencendo por dois gols de vantagem ou mais. Você consegue counterar as outras formações defensivamente modificando somente a extensão do seu time, se o adversário atacar muito pelos lados, basta esticar lateralmente para inibir o avanço do oponente pelos lados, caso venha forçando pelo centro, é melhor você diminuir a extensão do time e com isso fechando a entrada da área.

Deixe uma resposta