Resumão da eChampions League

Nessa sexta feira (31/05) foi disputada em Madrid, a eChampions League, primeira edição do campeonato, com premiação total de US$280.000,00 (280 mil dólares) sendo cem mil para o campeão. A última etapa antes do mundial de FIFA19, que reuniu os melhores do mundo, apesar das ausências de F2Tekks e Msdossary, o nível da competição foi altíssimo e contou com grandes nomes do cenário, incluindo o brasileiro Zezinho, que apesar do susto nas quartas de final conseguiu avançar às semis, porém não conseguiu bater o búlgaro e fica pela semifinal da eChampions League. A final foi disputada entre NYC_Chris e Dr. Night Watch, sendo consagrado como vencedor o atleta americano.

Nessa etapa do torneio, os atletas tiveram que se adaptar a algumas restrições que obrigava os times a contar com três jogadores UCL, além de três Icons, durante os 90 minutos de jogo.  

Primeira Fase – Quartas de Final

Nessa fase, por se tratar de uma segunda etapa do torneio, os jogos já começaram nas quartas de final, com jogos de ida e volta e o primeiro jogo desse torneio foi disputado entre o Búlgaro que eliminou o fenômeno F2Tekks, Dr. Night Watch e o americano Alan Avi, jogo esse que terminou empatado em 1-1, onde os atletas pareciam estar nervosos pelo início da competição. Na segunda partida, mais um empate levando o duelo para a prorrogação onde o Dr. Night Watch consegue marcar no fim do jogo e avança para enfrentar o vencedor do duelo entre o americano Joksan e Zezinho na semifinal.

Já na segunda partida, o francês Rafsou enfrentou o americano Chris em um embate emocionante decidido somente na prorrogação, com muitos gols, no agregado o americano saiu vitorioso pelo placar agregado de 5-4, após empate em 1-1 no primeiro jogo. Na primeira partida do brasileiro Zezinho, o atleta brasileiro saiu perdendo e conseguiu buscar o empate ainda na primeira partida em busca da classificação para enfrentar o búlgaro. No segundo jogo, logo no início da partida, Zezinho abre o placar e consegue a virada no agregado e amplia para 2-0 nos acréscimos do primeiro tempo, mas sofre o empate no final do jogo, com isso, o americano consegue levar o jogo para a prorrogação e no primeiro tempo do tempo extra o brasileiro saiu vitorioso, marcando mais dois gols e fechando o confronto com um placar agregado de 7-4, após vencer o americano Joksan por 6-3 e avançando para a semifinal.

No último confronto da primeira fase, o dinamarquês Marcuzo levou a melhor contra o holandês Lev Vinken, no agregado, o “La Croqueta King” venceu por 5-4 após empate em 2-2 no primeiro jogo, em mais uma prorrogação. Vale lembrar que em todos os duelos dessa primeira fase, o jogo só foi decidido na prorrogação.

O brasileiro Zezinho infringiu uma das regras do uso de Icons e teve a partida reiniciada a partir do momento da substituição, a partida já estava no final mas o americano ainda teve uma chance de marcar que foi desperdiçada, sacramentando a vitória e a classificação para as semifinais. O resultado final da partida ficou em 3-2 e não 6-3 como dito anteriormente, com o agregado em 4-3.

Segunda Fase – Semifinal

A primeira semifinal foi disputada entre Marcuzo e Chris, e o primeiro jogo terminou com vitória do americano Chris de virada em cima do dinamarquês que abriu o placar e cedeu dois gols para o adversário que conseguiu a vantagem para a segunda partida, no segundo confronto o jogo foi para prorrogação depois do Marcuzo devolver o placar do primeiro jogo, e uma prorrogação com o Chris fazendo dois gols enquanto Marcuzo fez somente 1. O jogo foi decidido nos pênaltis e o americano foi mais competente nas cobranças (4-2) e carimbou o passaporte pra final. Esperando o vencedor do confronto entre Zezinho e Dr. Night Watch. Do outro lado da semifinal, um jogo tão emocionante quanto o primeiro, onde o búlgaro começou avassalador marcando dois nos primeiros 10 minutos de jogo, mas logo o brasileiro conseguiu se recompor no jogo e diminuir o placar, finalizando o jogo com um placar adverso de 4-2. Na segunda partida Zezinho aproveita um erro do adversário e marca logo no início do jogo, mas cede o empate e parte para o tudo ou nada que foi ineficiente, não consegue reverter o placar e dá adeus ao campeonato, perdendo os dois jogos por 4-2.

Terceira Fase – Final

Na primeira partida da final, com dois gols de cabeça, o americano Chris sai vitorioso pelo placar de 2-0, após polêmica envolvendo o terceiro gol do atleta americano que foi anulado e voltaram atrás no gol, consequentemente, fazendo com que o NYC_Chris perca um pouco sua vantagem para a segunda partida da final. No segundo duelo entre os dois, o primeiro tempo terminou empatado em 3-3 e restando somente 45 minutos para terminar a partida da volta o búlgaro avança seu time buscando a reviravolta, mas não consegue diminuir o placar, pelo contrário, ainda tomou mais dois, para sacramentar a vitória do americano NYC_Chris que no agregado venceu por 7-4 e se sagrou campeão da primeira edição da eChampions League de FIFA19.

Deixe uma resposta